há um tempo eu venho criando uma teoria de que nós inventamos o universo. a quantidade de informação que compartilhamos na internet é gigante, criando um universo digital cada dia mais rico em detalhes.

grandes companhias como a google, apple e facebook aproveitaram a popularização da internet para lançar produtos que as ajudam a recolher cada vez mais informações dos seus usuários, seus hábitos e os ambientes que frequentam em troca de likes.

observando isso, comecei a perceber o poder de persuasão que essas companhias retém nas suas bases de dado, e já demostram isso com o marketing direcionado. por exemplo, quando você busca um certo produto no google, aquele mesmo produto vai aparecer em vários outros sites pra tentar te convencer a comprá-lo. outro exemplo clássico é a netflix, que faz suas séries baseadas no interesse do seu público. mas elas não estão interessadas em você como indivíduo. elas usam técnicas de mineração de dados que ajudam a direcionar o conteúdo pra quem vai gostar de ver aquilo. seguem padrões.

por enquanto, ainda não enxergamos esse poder como uma ameaça, mas será que um dia perceberemos o que isso pode gerar?